Páginas

domingo, 26 de dezembro de 2010

Todo final de ano merece uma reflexão para não deixarmos de ser clichês.

Não sei o que acontece conosco quando chega o final do ano, o peito enche de ar, a cabeça enche de idéias, o coração se enche de esperança. É como se tudo de ruim que está acontecendo no mundo desaparecesse só porque um ano está acabando e outro está chegando. Parece até que todos os males que aconteceram se restringem ao “ano-velho” e no “ano-novo” serão apenas maravilhas.

Apesar dessas pieguices, pra não dizer idioticices, eu gosto da festa, diferentemente do Natal. O “nascimento do Menino Jesus” pouco me importa. Certamente a maioria que me chamaria de herege, mas o que estou dizendo é o que todos fazem inconscientemente.
Todo ano, no dia 25 de dezembro, quem lembra que ali está se comemorando o “ Nascimento do Filho de Deus”? Assim como eu, POUCO SE IMPORTAM!!!
O ápice da noite se concentra na troca de presentes que precede a farta ceia. Então...quem fica pensando nas dores do parto de Maria depois de se lambuzarem no peru (com ou sem o trocadilho mais usado no Natal), quem lembra da parideira virgem?
Aaaaaahhhh....E ai? A herege ainda sou eu? Se eu fosse cristã, poderia até estar pecando, mas não o estaria sozinha. 
Graças a Ogum e todo o panteão africano, não vivo de pecados e suas consequentes redenções.
Vivo de amor, força, fé e (PARA MIM) a mais linda das espiritualidades e todo dia é dia dos meus deuses: no meu orí, no meu ocan e na minha carne, vibrando, gritando e dançando.
No meu calendário Deuses nascem todos os dias em algum runcó e, portanto, todo dia é dia de fé, fartura, festa, amor ao próximo e a nós mesmos.

Um beijo pra você que hoje, dia 26, ainda está de barriga cheia, mas não necessariamente com a espiritualidade inteira.

2 comentários:

Anônimo disse...

Perfeito Gabi! Concordo, só lembrei do peru mesmo, nem de presente eu quis saber! Huahauhau!! E tudo isso por causa de nossa conversa pelo twitter....rsrs...

Gabriela Ashanti Ramos disse...

hahahaahaa...
Especialmente do peru, NINGUÉM esquece!!